MEDIA CENTER

Polícia Marítima da Nazaré deteta embarcação em faina de pesca em local proibido

1 DEZ 2017 10:12

A Polícia Marítima desencadeou, no dia 28 de novembro, uma ação de fiscalização na enseada da Nazaré, com o intuito de repressão de atividades ilegais, principalmente relacionadas com a pesca e segurança da navegação.

​Durante esta ação foi detetada uma embarcação de pesca local em plena faina com arte de armadilhas de gaiola, junto ao molhe norte do porto da Nazaré, área proibida conforme o Edital n.º 1/2017 da Capitania do Porto da Nazaré, por motivos de segurança da navegação, devido à proximidade da barra do porto, constituindo um perigo para quem necessita de praticar aquele porto.

O Mestre da embarcação de pesca, como pessoa investida de todos os direitos e obrigações que o comando da embarcação implica, sejam de natureza técnica, administrativa, disciplinar ou comercial, que exerce por si ou como representante do armador, é o responsável máximo por tudo o que se passa a bordo, devendo ser o primeiro a zelar pela segurança de todos, tanto dos tripulantes, como da embarcação e ainda da navegação. Assim foi advertido para retirar a arte de pesca e informado da elaboração do respetivo auto de notícia e que deve ser desenvolvida uma cultura de prevenção e segurança entre os trabalhadores da pesca, capaz de fazer diminuir a ocorrência de acidentes no mar, uma vez que dos acidentes marítimos que têm vindo a registar-se, constata-se que grande parte dos mesmos ocorreram com embarcações de pesca.

Da infração detetada foi instaurado o respetivo processo de contraordenação.