Polícia Marítima

Comandante-geral

Vice-almirante Luís Carlos de Sousa Pereira

​​Comandante-g​eral da Polícia Marítima​

Vice-almirante Luís Carlos de Sousa Pereira

O vice-almirante Luís Carlos de Sousa Pereira nasceu em Lisboa a 19 de junho de 1961 e entrou para a Escola Naval em setembro de 1978. ​

Parte significativa da sua carreira foi feita no mar, a bordo de unidades navais, com funções essencialmente ligadas à área das operações, onde desempenhou funções de comando e chefia a vários níveis, incluindo o comando da fragata Álvares Cabral e o Comando da Força Naval Portuguesa (PO TG). Os navios em que prestou serviço incluem os patrulhas “Geba” e “Cunene”, a corveta “Afonso Cerqueira” e as fragatas “Comandante João Belo”, “Comandante Roberto Ivens” e “Vasco da Gama”. No caso particular desta última, integrou a primeira guarnição que recebeu o navio na Alemanha, e, volvidos cerca de sete anos, nas funções de oficial imediato na International Force East Timor (INTERFET). No comando da fragata «Álvares Cabral» destaca-se a primeira missão fora de área da NATO, que incluiu uma viagem de circumnavegação ao continente africano (Africa Tour 2007). 

Desempenhou também vários cargos em terra, dos quais merecem especial referência, as funções de Adjunto para o Planeamento Estratégico na Divisão de Planeamento do Estado-Maior da Armada (EMA), de Adjunto Militar (Marinha) no Gabinete do Chefe do Estado-maior General das Forças Armadas (CEMGFA), de diretor do Centro de Instrução de Tática Naval (CITAN), de diretor do Centro de Informações Operacionais da Marinha (CIOM), de Comandante da Esquadrilha de Escoltas Oceânicos e de Comandante da, já referida, Força Naval Portuguesa (PO TG). No âmbito internacional, o almirante Sousa Pereira foi o Chairman de um grupo de especialistas NATO responsável por um projeto de Smart Defense na área da Proteção Portuária, que tem vindo a ser apontado pela NATO como um exemplo de bem-fazer, e uma referência de boa gestão a seguir por outros projetos congéneres da Aliança. 

O vice-almirante Sousa Pereira frequentou o Maritime Warfare Course em 2004 no Reino Unido e, mais recentemente, o Combined Force Maritime Component Commander Course for Flag Officers no Command, U.S. Naval Forces Europe, em Nápoles. Como oficial-general foi comandante do Corpo de Fuzileiros e, após a promoção ao atual posto, assumiu funções como Comandante Naval. 

Em 19 de dezembro de 2016 assumiu as atuais funções de Diretor-geral da Autoridade Marítima e Comandante-geral da Polícia Marítima.

Ao longo da sua carreira recebeu vários louvores e foi condecorado com a Ordem Militar de Avis / Grau Comendador, seis medalhas de Serviços Distintos – prata, e com as medalhas de Mérito Militar de 2ª classe, de Comportamento Exemplar – ouro e prata, de Comissão Especial com a legenda Timor 1999-2000, da Cruz Naval de 2ª e 3ª classe, de Solidariedade Timor Leste e da INTERFET. 

Luís Sousa Pereira é casado com Luísa Chedas. 

Gosta de modelismo, desenhar e pintar.