MEDIA CENTER

Remoção de mais cinco metros de tubo da Praia do Caneiro que deram à costa em 2014

11 JAN 2017 17:01

Decorreram na passada segunda-feira, dia 9 de janeiro, as operações de remoção de cinco metros lineares de estruturas tubulares da Praia do Caneiro, concelho de Sintra. Estas estruturas deram à praia das Maçãs em janeiro de 2014, e acabaram por se fixar posteriormente na praia do Caneiro e na praia da Ursa (já removidos em março de 2016), num total de 232 metros lineares.

Em 2014,  2015 e 2016 foram removidos 51 metros, 78 metros e 16 metros lineares de tubo, respetivamente.​

Estes tubos, que serviam para captação de água do mar para uma exploração de aquicultura a operar em Mira, são construídos em PEAD (Polietileno de Alta Densidade), têm um diâmetro de dois metros, uma espessura de cerca de oito centímetros e um peso aproximado de 500 Kg por metro linear.

As operações de remoção são muito complexas e morosas de executar devido à dimensão do material em causa, ao acesso apenas ser viável por mar, caso existam boas condições de agitação marítima, não ser possível o emprego de maquinaria pesada, bem como  ao facto dos tubos se encontrarem muito assoreados e na zona de influência da maré.

A Autoridade Marítima efetua a monitorização da situação dos tubos e acompanha o processo de preparação para reflutuação e respetiva remoção, da responsabilidade da empresa proprietária, tendo o Capitão do Porto de Cascais licenciado as operações de remoção até ao fim de outubro de 2017.​


​​​