MEDIA CENTER

Autoridade Marítima Nacional resgata cinco pessoas no Troço Internacional do Rio Minho

23 AGO 2018 19:08

O Comando-local da Polícia Marítima de Caminha resgatou, no dia 22 de agosto, três adultos e duas crianças, quatro de nacionalidade francesa e um de nacionalidade portuguesa, no Troço Internacional do Rio Minho (TIRM), que sofreram um acidente com uma mota de água.

​O alerta foi dado pelas 18h00, quando as cinco pessoas que se encontravam no rio Minho com uma mota de água, que transportava três pessoas e rebocava uma boia outras duas, ficaram impossibilitadas de regressar a terra por terem batido no fundo, ficando sem propulsão e à deriva.

Foi, de imediato, ativada uma embarcação e uma viatura todo-o-terreno da Polícia Marítima de Caminha, com quatro elementos, os Bombeiros Voluntários de Caminha, que empenharam um veículo e três ambulâncias, com oito elementos, e também o apoio de duas ambulâncias do INEM.

As operações de resgate tiveram como maior obstáculo o denso nevoeiro que se verificava no momento do resgate no rio, o que dificultou a localização das vítimas.

O permanente contacto telefónico com uma das três pessoas que se encontravam na mota de água permitiu à embarcação da Polícia Marítima de Caminha localizar e resgatar as três vítimas, perto da margem espanhola do rio, ao fim de cerca de uma hora.

Posteriormente, os mesmos agentes da Polícia Marítima conseguiram resgatar as outras duas pessoas, que se encontravam isoladas numa das pequenas ilhas que se formam durante a baixa-mar no TIRM, próximo do local do acidente.

As cinco pessoas foram assistidas no local pelos meios dos Bombeiros Voluntários de Caminha e do INEM, sendo que quatro delas foram transportadas para o Hospital de Viana do Castelo, por apresentarem sintomas de hipotermia.