MEDIA CENTER

Polícia Marítima resgata 43 migrantes na Grécia

10 MAI 2018 21:05

A equipa da Polícia Marítima, que se encontra na ilha grega de Lesbos, integrada na missão POSEIDON, sob égide da agência europeia FRONTEX resgatou, na madrugada de hoje, 43 migrantes, em duas ações distintas.

O primeiro grupo foi detetado em dificuldades numa embarcação de fibra, enquanto desembarcava num ilhéu composto apenas por pedras. A Polícia Marítima chegou ao local pelas 04h47 no momento do desembarque, tendo recolhido os migrantes sem incidentes, acabando a embarcação por afundar.

O grupo de migrantes era composto por de 17 pessoas, 06 mulheres, 09 crianças e 02 homens.

Os migrantes foram retirados do ilhéu pela embarcação "TEJO" e uma embarcação de pesca que se encontrava por perto, tendo posteriormente sido transbordados em segurança para um navio patrulha da Guarda Costeira grega (HCG).

Posteriormente, pelas 06h49, foi detetado pela Viatura de Vigilância Costeira (VVC), um segundo grupo de 26 migrantes constituído por 07 mulheres, 04 crianças e 15 homens, próximo da região de Karokas.     

O grupo de migrantes de três nacionalidades (Eritreia, Etiópia e Iraque) foi recolhido para a embarcação da Polícia Marítima, desembarcado em segurança no Porto de Skala Skaminia e entregue às autoridades gregas, tendo a missão terminado pelas 07h45. Um dos migrantes é suspeito de ser um facilitador, pelo que foi entregue à Polícia grega.

A Polícia Marítima encontra-se integrada na operação POSEIDON, sob égide da agência europeia FRONTEX e em apoio à Guarda Costeira grega, com o objetivo de controlar e vigiar as fronteiras marítimas gregas e externas da UE, no combate ao crime transfronteiriço, no âmbito das funções de guarda costeira europeia.

NO MAR, MAIS ALÉM, POR BEM.