MEDIA CENTER

Polícia Marítima deteta embarcação em atividade ilegal no parque marinho Luiz Saldanha

15 NOV 2017 18:11

Uma patrulha do Comando-local da Polícia Marítima de Setúbal detetou e intercetou, na madrugada de hoje, dia 15 de novembro, cerca das 4h00, uma embarcação a pescar na zona de proteção parcial do parque marinho Luiz Saldanha.

​A embarcação encontrava-se em total ocultação de luzes dentro da área protegida deste parque, onde a pesca é proibida. Após a interceção, verificou-se que se tratava de uma embarcação de pesca costeira em plena faina de arrasto usando ganchorras. 

Ao mestre foi ordenado de imediato o estabelecimento das luzes de navegação e que recolhesse as artes que tinha na água. 

Após esta manobra os agentes verificaram que estavam a bordo 50 Kg de bivalves, na sua maioria Amêijoa. Estes bivalves, acabados de ser capturados, encontravam-se vivos pelo que foi ordenada a sua imediata devolução ao meio marinho, ação que foi realizada na zona da captura. 

Das diversas infrações detetadas durante a fiscalização a esta embarcação, assume particular relevância o facto de se encontrar em faina de pesca profissional com ganchorra em zona protegida do PNA, fazendo-o sem qualquer luz de navegação, tentando ocultar a ação e, deste modo, pondo em risco a segurança da própria embarcação e da sua tripulação, bem como a segurança da navegação em trânsito na área. 

Durante a patrulha desta madrugada foi ainda intercetada uma outra embarcação de pesca a navegar também em ocultação de luzes, se bem que fora da zona de proteção do PNA.

Foram elaborados os respetivos autos-de-notícia, seguindo agora os processos os trâmites normais.

VER VÍDEO