MEDIA CENTER

Operação de apoio a embarcação de pesca em risco de afundamento ao largo da Praia de Quiaios

3 NOV 2017 17:11

O Capitão do Porto da Figueira da Foz, em articulação com o Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Lisboa (MRCC - Lisboa), coordenou durante a madrugada de hoje, dia 3 de novembro, uma operação de salvamento ao arrastão “MAR DE LAGOS” que declarou emergência, motivada por uma entrada de água no espaço de máquinas da embarcação, quando se encontrava a cerca de 6 Milhas Náuticas ao largo da Praia de Quiaios, a Norte do Cabo Mondego, concelho da Figueira da Foz.

​O alerta foi transmitido para o piquete da Polícia Marítima da Figueira da Foz à 01h10, tendo sido, de imediato, empenhado o Salva-vidas “Patrão Macatrão” da Estação Salva-vidas do ISN da Figueira da Foz, para a última posição conhecida da embarcação de pesca sinistrada, e acionada a Embarcação de Alta Velocidade (EAV) “Portimão” da Polícia Marítima. Foi igualmente acionado o navio patrulha da Marinha CUANZA.

Com a embarcação sem propulsão nem energia elétrica, ficando assim incapacitada de proceder ao esgoto do alagamento no espaço de máquinas, a tripulação do arrastão lançou ao mar uma balsa salva-vidas, tendo a embarcação de alta-velocidade da Polícia Marítima da Figueira da Foz “Portimão” recolhido dois tripulantes à chegada ao local, onde se encontravam já outras duas embarcações de pesca, o arrastão “SCORPIUS” e a traineira “CAETANO MARAFONA”, a auxiliar o arrastão em dificuldade.

Após a transferência dos dois tripulantes resgatados para a embarcação salva-vidas do ISN e com a transferência de energia elétrico do arrastão “Scorpius” para o “Mar de Lagos”, os restantes 6 tripulantes conseguiram recuperar a capacidade de esgotar o espaço de máquinas, que se encontrava alagado, e repor em funcionamento o gerador auxiliar que permitiu restabelecer a capacidade própria de sobrevivência da embarcação sinistrada.

Depois do armador ter acionado um rebocador para assistência ao arrastão, e já com a capacidade de propulsão da embarcação sinistrada restabelecida, a Autoridade Marítima, com as suas embarcações, efetuou o acompanhamento durante o percurso de regresso do “MAR DE LAGOS” ao porto de pesca da Figueira da Foz, onde atracou em segurança cerca das 07H40, com os dois tripulantes resgatados reintegrados na guarnição da embarcação de pesca.