MEDIA CENTER

Apoio a embarcação de recreio em dificuldades no rio Sado

2 OUT 2017 18:10

Uma patrulha do Comando-local da Polícia Marítima de Setúbal prestou ontem, dia 1 de outubro, apoio a uma embarcação de recreio que se encontrava à deriva no rio Sado.

​Cerca das 19h35 foi recebida no Comando-local da Polícia Marítima de Setúbal uma comunicação telefónica de uma companhia seguradora, dando conta que um segurado seu se encontraria no rio Sado, a bordo de uma embarcação, a necessitar de auxílio. Pouco tempo depois foi recebida a mesma informação via Centro de Coordenação de Busca e Salvamento marítimo de Lisboa (MRCC lisboa).

A partir do Comando-local foram estabelecidas comunicações com a embarcação, tendo sido apurada a área em que se encontrava, que se encontravam dois tripulantes a bordo, bem como que o problema se devia à falta de combustível.

A Polícia Marítima comunicou aos elementos embarcados que envergassem de imediato os coletes salva-vidas, que mantivessem a máxima atenção à navegação na área e que fosse ligada uma lanterna a bordo de modo a servir de aviso à navegação.

Uma patrulha da Polícia Marítima deslocou-se de imediato para o local tendo chegado próximo da embarcação pouco depois das 20h00. No local, elementos da Polícia Marítima transferiram alguns litros de combustível para o depósito da embarcação, tendo sido possível colocar o motor a funcionar.

A embarcação de alta velocidade da Polícia Marítima acompanhou depois a deslocação da embarcação “RATINHO I” até à Rampa da Salmex, local onde foi retirada da água.

Recorda-se que episódios deste tipo são recorrentes e que infelizmente muitas vezes conduzem a situações graves e perigosas, que podem ser evitadas evitadas, se os proprietários e timoneiros tomarem todas as diligências necessárias e acautelarem todas as hipóteses, antes de saírem para o mar.