MEDIA CENTER

Autoridade Marítima colabora na devolução de animais marinhos à natureza

4 AGO 2017 14:08

O Comando-local da Polícia Marítima e a Estação Salva-vidas de Aveiro colaboraram mais uma vez com o Centro de Reabilitação de Animais Marinhos (CRAM), na devolução de uma Tartaruga comum e de um ganso-patola à natureza, ao largo da costa, a cerca de 7 milhas, após terem terminado um período de reabilitação nas instalações daquele centro.

​​A tartaruga chegou ao CRAM em abril, após ter ficada presa numa rede no rio Tejo, e ter sido entregue pelos pescadores à Policia Maritima de Lisboa, em virtude de ter um grande abcesso no pescoço. O ganso-patola, por seu lado, foi recuperado pela Polícia Marítima da Figueira da Foz no final de junho, em virtude apresentar ferimentos provocados por anzóis numa das asas. 

Os dois animais, após tratamento e reabilitação, foram devolvidos na quarta-feira, dia 2 de agosto, ao seu habitat natural.​

​​