MEDIA CENTER

Protocolo promove abertura de Farol de Santa Maria em período alargado nos meses de verão

10 JUL 2017 12:07

A Direção-geral da Autoridade Marítima (DGAM) assina no próximo dia 11 de julho, um protocolo com a Câmara Municipal de Faro (CMF), o Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ) e a Associação Igualmente Diferentes (AID), que vai permitir a abertura a visitas do Farol de Santa Maria, num período mais alargado durante os meses de verão.

​Este farol vai assim abrir portas ao público de terça a sexta-feira, das 15h30 às 19h15, durante os meses de julho e agosto de 2017.

O protocolo que será celebrado tem como objetivo a divulgação, fomento e promoção do voluntariado cultural, em que jovens se disponibilizam, através do IPDJ, a apoiar as visitas ao Farol de Santa Maria. A Câmara Municipal de Faro apoia este projeto através da divulgação e logística necessárias, sendo que a Direção-geral da Autoridade Marítima garante a formação própria aos jovens voluntários e a abertura ao público do farol no período definido. A atividade de todos os voluntários será coordenada pela AID. 

Anteriormente à assinatura deste protocolo, será inaugurada, pelas 10h00, a estação de Olhão do sistema “Costa Segura”, que incluirá a simulação de um incidente com uma embarcação junto à Barra de Faro-Olhão, que será visualizado através deste sistema, nas instalações da Capitania do Porto de Olhão.

Estão presentes em ambos os eventos, o Secretário de Estado da Defesa Nacional, Dr. Marcos Perestrello, a Vice-presidente da Câmara Municipal de Olhão, Dr.ª Gracinda Rendeiro, o Vice-presidente da Câmara Municipal de Faro, Dr. Paulo Santos, o Almirante Autoridade Marítima Nacional, Almirante António Silva Ribeiro, o Diretor-geral da Autoridade Marítima, Vice-almirante Luís Sousa Pereira, o Comandante Naval, Vice-Almirante Gouveia e Melo, e o Diretor Regional do IPDJ do Algarve, entre outras entidades.


Programa: 

10h15 – Inicio do Briefing (explicação do projeto “Costa Segura”);

10h30 – Inicio exercício;

10h45 – Fim exercício;

11h00 – Embarque frente à Estação Salva-vidas de Olhão;

11h50 - Chegada ao Farol de Santa Maria;

12h00 – Breves Palavras da AID (Dr. Ricardo Monteiro), do Director do IPDJ do Algarve (Dr. Custódio Moreno), do Vice-Presidente da CMF (Dr. Paulo Santos) e do Diretor-geral da Autoridade Marítima (Vice-almirante Sousa Pereira);

12h20 – Assinatura do Protocolo entre a DGAM, a CMF, o IPDJ e a AID;

12h25 – Alocução do Secretário de Estado da Defesa Nacional;

12h30 – Final do evento;

12h45 – Regresso a Olhão.

Nota: Convidam-se os órgãos de comunicação social a participar neste evento, a ter lugar na Capitania do Porto de Olhão e, posteriormente, na Ilha da Culatra - Núcleo do Farol (Farol de Santa Maria).

Hora limite de chegada à Capitania do Porto de Olhão: 10h00


Sistema Costa Segura - Compete ao Capitão do Porto, como Autoridade Marítima Local, exercer a autoridade do Estado nos espaços sob sua jurisdição, designadamente em matéria de busca e salvamento, de proteção e preservação do meio marinho e de segurança da navegação. Para o exercício das suas competências, a Autoridade Marítima Local deve estar dotada dos recursos humanos e materiais necessários à execução das suas missões, destacando-se os meios tecnológicos como auxiliares nucleares de apoio à decisão.

O sistema Costa Segura tem por objetivo a obtenção de conhecimento situacional das zonas costeiras e litorais sob jurisdição das Capitanias, recorrendo a um sistema integrado de sensores, efetivo mas de baixo custo, permitindo: promover a segurança da navegação, suportar ações de busca e salvamento e apoiar ações de combate à poluição.