MEDIA CENTER

Centro de Operações Móvel da Autoridade Marítima termina apoio no combate aos incêndios de Pedrogão Grande

28 JUN 2017 08:06

Regressaram da missão em Pedrogão Grande os elementos do Serviço de Combate à Poluição no Mar (SCPM) da Autoridade Marítima Nacional, depois de uma semana (entre dia 19 e 25 de junho) no apoio à coordenação das operações de combate aos incêndios da localidade. O Gabinete de Psicologia da Polícia Marítima mantém o apoio às populações em Pedrógão Grande e Castanheira de Pêra.

​Neste período, em apoio à coordenação, foi ativado o Centro de Operações Móvel (COM) da Autoridade Marítima Nacional, guarnecido por pessoal militarizado do SCPM. O COM é um Centro para Comando, Controlo e Comunicações, instalado num contentor sobre uma viatura pesada, permitindo a sua mobilidade para o emprego operacional nos vários pontos do país.

Projetado para fazer face a situações de incidentes de poluição, este Centro está equipado com sistemas de comunicações, internet, televisão satélite, ferramentas de apoio à decisão e vário software associado a esta atividade. Nos últimos anos o COM tem vindo a ser utilizado noutras situações operacionais, nomeadamente em situações de buscas e salvamento nas zonas costeiras, usando-se, para o efeito, outros sistemas como seja um radar com uma câmara de vigilância associada e sistemas de informação de âmbito policial.

O Centro de Operações Móvel foi recentemente equipado com um sistema de comunicação digital, baseado em rádio Over IP "RoIP", que possibilita as comunicações e geo-localização das equipas táticas. Estas valências constituem uma mais valia na coordenação das operações no terreno a partir do COM, bem como na segurança do pessoal empenhado nas ações. Simultaneamente, o sistema também garante a gravação das comunicações e eventos para posterior análise. Nesta catástrofe, o COM foi utilizado, principalmente, no apoio nas comunicações rádio aos militares da Marinha no terreno.

Dois Agentes da Polícia Marítima do Gabinete de Psicologia, com formação na área, mantêm, desde do início das operações, o apoio psicológico à população de Pedrogão Grande e Castanheira de Pêra, promovendo o controlo emocional das vítimas e encaminhando-as, depois de sinalizadas e estabilizadas,  para os serviços competentes, nomeadamente a Segurança Social, as Câmaras Municipais, as Juntas de Freguesia e os Centros de Saúde e Hospitalar do Serviço Nacional de Saúde.

O Gabinete de Psicologia da Polícia Marítima foi criado em 2015 e tem como principal missão assegurar em situações de acidentes e catástrofes, e de imediato, o necessário apoio psicológico à população acidentada e familiares das vítimas, promovendo o desenvolvimento de estratégias de adaptação de modo a minimizar o impacto do incidente/catástrofe. ​