MEDIA CENTER

Polícia Marítima fiscaliza apanha ilegal de Meixão no rio Cávado

3 NOV 2016 16:11

O Comando-local da Polícia Marítima de Viana do Castelo desenvolveu na noite do dia 1 de outubro, mais uma missão de fiscalização, dedicada à apanha ilegal de meixão no rio Cávado, em Esposende. Foram recuperadas 600g de meixão (Anguilla anguilla), com o valor de primeira venda a rondar os 400€ no “mercado negro”, e ainda 4 “telas”, redes do tipo mosquiteiro, usadas na captura proibida do meixão, punível com coima de 600€ a 37500€.

​As apreensões foram realizadas no seguimento da interceção, identificação e autuação do responsável de uma embarcação de pesca, que se encontrava à pesca ilegal do meixão, dando origem ao respetivo processo de contraordenação. 

O pescado, por se encontrar vivo, após contabilizado, foi devolvido ao seu habitat natural.

Estiveram envolvidos nesta operação 8 agentes, apoiados por duas viaturas e uma embarcação do Comando-local da Polícia Marítima de Viana do Castelo.​