MEDIA CENTER

Socorro a banhista na praia do Turismo Norte em Vila do Conde

2 SET 2016 12:09

A Autoridade Marítima, os Bombeiros Voluntários de Vila do Conde e o INEM prestaram ontem, dia 1 de setembro, socorro a uma banhista em dificuldades na água, na praia do Turismo Norte – frente urbana de Vila do Conde. Apesar dos esforços de todos os intervenientes, de que se realça o apoio dos Nadadores-salvadores, o óbito foi declarado já no areal.

​O alerta foi dado pelas 10h58, hora em que foi recebida pelo Piquete da Polícia Marítima da Póvoa de Varzim e de Vila do Conde, uma comunicação do Centro de Busca e Salvamento Marítimo de Lisboa, proveniente de uma chamada do 112. De imediato, foi deslocado para o local o piquete da Polícia Maritima, a viatura do projeto “Sea Watch” do ISN, operada por um militar da Marinha a prestar serviço na Autoridade Marítima durante a época balnear, e ambulâncias dos Bombeiros Voluntários de Vila do Conde e do INEM. 

A vítima foi inicialmente acompanhada na água pelo Nadador-salvador do local e o da praia contígua (praia da Olinda), tendo o militar da Marinha comparecido prontamente. O náufrago encontrava-se consciente, porém, com o decorrer do tempo, o rápido agravamento das condições de mar, a subida da maré e as várias rochas existentes na zona, acabou por ficar inconsciente. Todas estas razões dificultaram o resgate.

Inicialmente foi tentando o resgate com recurso à vara de salvamento, mas a mesma acabou por partir. Foi assim utilizada posteriormente a boia circular, que contribuiu para a extração da vítima, que foi levada para ao areal onde foi prontamente assistida por socorristas e médico que efetuaram manobras de suporte básico e avançado de vida durante 45 minutos. Todas as manobras foram infrutíferas, tendo sido declarado o óbito.

A Nadadora-salvadora, que apresentava muitas escoriações e queixava-se de fortes dores, foi levada de imediato para o centro hospitalar local.

A vítima, do sexo feminino, 32 anos e nacionalidade alemã, encontrava-se de férias com os pais na cidade de Vila do Conde.

A Polícia Marítima acompanhou todo o processo e está a proceder a investigação para tentar apurar as causas do acidente. ​