MEDIA CENTER

Nadadores-salvadores utilizam desfibrilhador e salvam vida a banhista

23 AGO 2016 10:08

No passado dia 13 de agosto, pelas 14h00, os nadadores-salvadores da CaparicaMar foram chamados para auxiliar um banhista que se encontrava com uma indisposição numa zona de areal entre a Praia da Cornélia e a Praia da Mata, na Costa da Caparica.

​​Ao chegarem ao local encontraram um homem de 45 anos que se queixava de dores fortes no peito. Subitamente a situação deteriorou-se e o banhista entrou em paragem cardiorrespiratória. Os nadadores-salvadores tinham formação em Suporte Básico de Vida (SBV) e o veículo que os transportou estava equipado com um desfibrilhador automático externo (DAE). O 112 foi ativado e foram iniciadas de imediato manobras de reanimação e utilizado o desfibrilhador. Depois de administrado o 2º choque, e ainda antes da chegada dos meios de emergência médica, a vítima recuperou e começou a respirar por si.

Já com a Viatura Médica de Emergência e Reanimação de Almada no local, o doente foi estabilizado e transportado para o Hospital Garcia de Orta. Dias mais tarde foi transferido para o Hospital Fernando Fonseca, onde se encontra internado, com evolução e prognóstico favoráveis.

Com frequência, a morte súbita é causada por uma arritmia cardíaca chamada fibrilhação ventricular que impede o coração de bombear o sangue. O tratamento para a fibrilhação ventricular é a desfibrilhação, ou seja, a administração de choques elétricos ao coração parado, que permite que o ritmo cardíaco volte ao normal. Em locais onde existe um programa de DAE, este proporciona de imediato SBV e DAE  precoce com a aplicação do primeiro choque nos 3-5 minutos após o colapso. Nestes casos, a taxa de sobrevivência pode ser de 76% ou superior. Por cada minuto que passa sem SBV e sem desfibrilhação, as hipóteses de sobrevivência da vítima diminuem entre 10% a 12%.

Sobre a Autoridade Marítima Nacional (AMN)

A AMN é a estrutura superior de administração e coordenação dos órgãos e serviços que possuem competências ou desenvolvem ações enquadradas no âmbito do Sistema da Autoridade Marítima, nomeadamente, a Polícia Marítima, o Instituto de Socorros a Náufragos, a Direção de Faróis e o Serviço do Combate à Poluição do Mar.

Sobre a CaparicaMar

A CaparicaMar é uma associação de nadadores salvadores que faz vigilância balnear em várias praias da Costa da Caparica, em Almada. Tem um Programa de DAE licenciado pelo INEM e em funcionamento desde 2012, conta com 11 Operacionais de DAE (nadadores salvadores com formação certificada em SBV e DAE) e 1 desfibrilhador instalado na Viatura de Socorro Marítimo.

Sobre os Programas de DAE licenciados pelo INEM

A utilização de desfibrilhadores automáticos externos por não-médicos é possível e tem enquadramento legal desde 2009. O INEM é a entidade responsável pela regulação e licenciamento de Programas de DAE em Portugal Continental.

(Comunicado conjunto com o INEM)


Fotografia: Tiago Valente e Luís Monteiro, os nadadores-salvadores (Operacionais de DAE) que realizaram as manobras de SBV e DAE.