MEDIA CENTER

Buscas de mulher na Foz do Arelho (EM ATUALIZAÇÃO)

29 MAR 2016 09:03

O Capitão do Porto e Comandante-local da Polícia Marítima (PM) de Peniche está a coordenar desde ontem, dia 28 de março, as operações de busca de uma mulher de 69 anos que, presumivelmente, terá tomado a direção do oceano, na praia do Mar na Foz do Arelho.

​Cerca das 17H30, foi recebido o pedido de colaboração da GNR da Foz do Arelho para auxílio buscas da mulher, que não dava notícias desde as 21h00 do dia 27 de março. Na sequência das buscas do piquete do Comando-local da PM de Peniche nas escadas de acesso à praia do Mar da foz do Arelho, foram encontrados pertences de uma mulher, que mais tarde se veio a confirmar serem da mulher desaparecida. No local, existiam ainda um conjunto de pegadas em direção ao mar, que indiciavam uma deslocação apeda de alguém nessa direção.

Às 18h45, mediante os indícios verificados, o Capitão do Porto e Comandante-local da PM de Peniche, ativou o sistema de Busca e Salvamento para procura de um eventual náufrago nessas imediações. Foram assim acionados meios da Autoridade Marítima Nacional (Instituto de Socorros a Náufragos e Polícia Marítima), da Força Aérea (FAP), dos Bombeiros Voluntários das Caldas da Rainha e de Óbidos, da GNR e da proteção Civil das Caldas da Rainha, com o objeito de efetuar buscas céleres, ainda no arco diurno, na orla costeira de arribas inacessíveis a norte da Foz do Arelho e junto à foz da Lagoa de Óbidos. O helicóptero da FAP esteve no local em buscas desde as 19h50 até às 21h30. A área de buscas incidiu uma milha para Norte e para Sul da Foz do Arelho e até à zona da rebentação, a cerca de 200 metros de costa.

Cerca das 21h30, não tendo sido encontrada a mulher, o dispositivo de buscas foi reavaliado, assegurando as buscas durante a noite, com recurso a meios terrestres da Polícia Marítima, nas praias a norte e sul da Foz do Arelho.

As operações foram hoje retomadas por terra, ar e mar, aumentando o perímetro da área de buscas. Os meios do sistema de busca e salvamento mantêm-se os mesmo de ontem ao fim do dia. ​