MEDIA CENTER

Apoio da Polícia Marítima devido ao mau tempo e cheias em Caminha

15 FEV 2016 16:02

O Comando-local da Polícia Marítima de Caminha esteve empenhado nos dias 13 e 14 de fevereiro em operações de apoio e auxílio às embarcações que se encontravam fundeadas no Troço Internacional do Rio Minho, e que se viram afetadas pelas condições de mau tempo e cheias.

​No sentido de serem reforçadas amarrações, recolocadas e retiradas embarcações dos respetivos fundeadouros e varadas em segurança na praia da foz do rio Minho, foram empenhados nos dois dias, 9 agentes, uma embarcação e três viaturas TT da Polícia Marítima, na zona de Segadães, Cristelo Covo, Valença e na Foz do rio Minho.

Na manhã do dia 15 de fevereiro, na Foz do Minho, perante condições de tempo mais favoráveis, as embarcações varadas na praia foram recolocadas na água e seguiram para os seus respetivos fundeadouros, sem danos a registar. 

A estas operações preventivas, em que houve apenas a registar danos numa embarcação de boca aberta que naufragou, contrastam os prejuízos causados pelo temporal de 19 de janeiro de 2013 onde, na foz do rio Minho, afundaram 12 embarcações de pesca na sequência do temporal que se fez sentir.

Nestas operações esteve envolvida a Polícia Marítima do Comando-local de Caminha, os proprietários das embarcações e meios do Município de Caminha. No total, foi prestado apoio e auxílio a cerca de 32 embarcações.​