MEDIA CENTER

Capitania do Porto de Setúbal garante condições de segurança para saída da plataforma “WFA1” construída na Lisnave

2 OUT 2019 18:10

Concluída a construção da plataforma “WFA1”, na Lisnave, para instalação de uma estrutura de gerador eólico offshore que se destina ao parque eólico de Viana do Castelo (projeto Windfloat Atlantic), a Autoridade Marítima Nacional, através dos serviços da Capitania do Porto de Setúbal, garantiu no dia 26 de setembro as vistorias para realizar em segurança o trânsito do estaleiro até à saída da barra, num complexo trem de reboque, envolvendo diversos rebocadores, passando posteriormente para um trem de reboque recorrendo a um único rebocador oceânico.

​Esta transição ocorreu já no exterior do porto e envolveu trabalhos de mergulho, onde foram retirados os flutuadores que viabilizavam um calado inicial de 6,8m para a navegação da plataforma no interior do estuário.

Já em mar aberto, a sul de Sesimbra, a "WFA1" aumentou o seu calado, através de lastragem de tanques em complemento à retirada de flutuação extra, para atingir a condição normal de 16m de calado, iniciando depois a navegação para o porto de destino, em Ferrol (Espanha), onde será feita a fase final da instalação de torre e gerador eólico, antes de regressar para Portugal.