MEDIA CENTER

Polícia Marítima em missão na Grécia resgata 103 migrantes (C/Vídeo)

12 SET 2019 18:09

A equipa da Polícia Marítima em missão na ilha grega de Lesbos resgatou 103 migrantes, em três ações distintas, na madrugada de hoje e no dia de ontem.

​Hoje, pelas 06h44, a equipa na viatura de vigilância costeira da Polícia Marítima detetou um bote, tendo passado as coordenadas à equipa na embarcação "TUBARÃO", que de imediato navegou para a referida posição, localizada junto à fronteira marítima grega, em frente ao porto de Skala Skamineas, tendo confirmado tratar-se de um bote com 29 migrantes, dos quais 07 crianças, 09 mulheres e 13 homens.

Os migrantes foram transferidos para a embarcação da Polícia Marítima e desembarcados em Skala Skamineas, onde foram entregues às autoridades gregas em segurança.

Na madrugada de ontem, pelas 05h10, a equipa da Polícia Marítima na viatura de vigilância costeira detetou um bote a navegar rumo a Eftalou, tendo passado as coordenadas à equipa na embarcação "TUBARÃO", que efetuou a sua interceção. Os migrantes foram acompanhados pela equipa da Polícia Marítima até à praia, uma vez que o bote navegava em rumo seguro.

A equipa que se encontrava fora do período de patrulha deslocou-se para a praia e apoiou os 38 migrantes, dos quais 08 crianças, 14 mulheres e 16 homens, tendo sido entregues às autoridades gregas pelas 05h50, em segurança.

Pelas 07h20 de ontem, um pescador deu o alerta da existência de um bote com migrantes na zona de Petra, tendo a equipa na embarcação "TUBARÃO" navegado para a referida zona e intercetado o bote com 36 migrantes, sendo 09 crianças, das quais um bebé, 09 mulheres e 18 homens.

Os migrantes foram todos transferidos para a embarcação da Polícia Marítima e transportados para porto de Skala Skamineas em segurança, onde foram entregues às autoridades gregas.

Desde 2014, quando iniciou a sua participação na missão POSEIDON, a Polícia Marítima totaliza 6020 vidas salvas.

A Polícia Marítima encontra-se integrada na operação POSEIDON, sob égide da agência europeia FRONTEX e em apoio à Guarda Costeira grega, com o objetivo de controlar e vigiar as fronteiras marítimas gregas e externas da União Europeia, no combate ao crime transfronteiriço, no âmbito das funções de guarda costeira europeia.

NO MAR, MAIS ALÉM, POR BEM.

VER VÍDEO.