MEDIA CENTER

Polícia Marítima apreende artes de pesca em situação ilegal em Cascais

14 FEV 2019 13:02

O Comando-local da Polícia Marítima de Cascais concluiu, no dia 13 de fevereiro, uma operação dirigida à fiscalização das atividades marítimas na sua área de jurisdição, que abrangeu a pesca profissional e a atividade de recreio.

​Nesta operação, foram fiscalizadas quatro embarcações de pesca e uma embarcação de recreio, tendo sido efetuado  complementarmente,  o controlo detalhado do posicionamento geográfico de artes de pesca caladas, por vezes colocadas em locais interditos, de forma ilegal, sem a identificação ou a sinalização correspondentes.

Desta operação resultou a identificação e o levantamento de duas teias de armadilhas de abrigo, dirigidas maioritariamente à apanha do polvo, sem identificação e sinalização, constituídas por teias de alcatruzes.

Nesta operação estiveram empenhados seis elementos, uma embarcação semirrígida e uma lancha da Polícia Marítima, bem como uma viatura todo-o-terreno.

O transporte em terra, do material ilegal e apreendido, foi realizado em colaboração com elementos da Cascais Ambiente.

Foram levantados dois autos de notícia que deram origem à instauração do mesmo número de processos de contraordenação, pela prática de infrações, puníveis com coimas a graduar entre 598,56€ a 37.409,84€, pelo calar artes de pesca em locais interditos, sem a identificação ou a sinalização legalmente prevista.