MEDIA CENTER

Polícia Marítima apreende três redes com cerca de 30 metros em Gondomar

23 JAN 2019 18:01

O Comando-local da Polícia Marítima do Douro efetuou, na madrugada de 23 de janeiro, uma operação policial no estuário do rio Douro, com incidência na zona de Ribeira de Abade, no concelho de Gondomar, direcionada ao combate da captura ilegal de meixão.

​Da ação resultou a apreensão de três redes de tela com saco, com cerca de 30 metros de largura cada, dois ferros de fundear as respetivas redes, dois crivos para limpeza do pescado, uma balança de precisão para pesagem, e cerca de um quilograma de meixão, o qual por se encontrar vivo foi devolvido ao seu habitat natural.

Foram identificados seis indivíduos envolvidos na atividade ilícita e a operar com três embarcações de recreio.

Este tipo de arte de pesca constitui-se, essencialmente, por um pano de tela, contendo boias na tralha superior e pesos de chumbo na tralha inferior de modo a mantê-la na posição vertical. Deste modo funciona como uma "parede" de grandes dimensões, obstando à passagem da espécie piscícola e conduzindo-a para o saco, onde o peixe subdimensionado (meixão, camarão, lulas, robalos) fica aprisionado, devido à malhagem milimétrica da tela, que praticamente só deixa passar a água.

 03.jpg