MEDIA CENTER

Autoridade Marítima Nacional auxilia pescadores em Loulé

5 DEZ 2018 19:12

A Polícia Marítima de Faro foi informada pelo Comando Distrital de Operações de Socorro de Faro, no dia 04 de dezembro, pelas 10h20, de que uma embarcação se tinha afundado, encontrando-se dois homens a flutuar na zona de rebentação, junto à praia do Garrão poente.

​Sob a coordenação do Capitão do Porto e Comandante-local da Polícia Marítima de Faro foi ativada a Estação Salva-vidas de Olhão, bem como os meios náuticos e terrestes da Polícia Marítima e da Capitania do Porto de Faro. Pouco tempo depois foi recebida a informação de que os tripulantes já tinham nadado para terra, não sendo necessário empenhar os meios náuticos.

Os tripulantes, dois homens de 32 e 35 anos de idade, que se encontravam em faina de pesca, na captura de conquilha, foram surpreendidos por uma onda maior que virou e afundou a embarcação, tendo ambos ficado a flutuar, uma vez que envergavam os coletes de salvação aquando do acidente.

Os pescadores foram auxiliados pela Polícia Marítima de Faro e observados pela equipa de emergência médica, não sendo necessária assistência hospitalar.

A embarcação de cerca de sete metros, em virtude de se encontrar na zona de rebentação, partiu-se tornando inviável a sua recuperação.

Neste momento decorre o plano de execução da remoção dos destroços da embarcação.

A Autoridade Marítima Nacional alerta para a importância do uso permanente dos coletes de salvação.