MEDIA CENTER

Buscas mantêm-se pelas duas pessoas desaparecidas na Praia do Meco

10 ABR 2018 20:04

As buscas realizadas hoje pelas duas pessoas que se encontram desaparecidas na Praia do Meco foram dificultadas pelo agravamento das condições meteorológicas e de mar que se mantêm adversas, não tendo sido possível localizar as duas vítimas.

​Nas buscas de hoje, que se iniciaram às 07h30, estiveram envolvidas três equipas e uma moto4 da Polícia Marítima, uma moto4 do Instituto de Socorros a Náufragos com nadadores-salvadores, uma aeronave EH-101 da Força Aérea Portuguesa, uma ambulância e elementos dos Bombeiros Voluntários e uma equipa da Proteção Civil de Sesimbra, bem como, uma equipa de mergulhadores forenses da Polícia Marítima e uma de mergulhadores sapadores da Marinha.

Durante a baixa-mar desta tarde, foram realizadas três tentativas de agarrar o parapente pelo recuperador do helicóptero da Força Aérea Portuguesa, com recurso a um gancho ligado a um cabo que se estendia para terra, numa operação de elevada complexidade, contudo, não foi possível retirá-lo do mar.

As equipas de mergulhadores não conseguiram operar devido à forte rebentação, que inclusivamente,  limitava a visibilidade no local.

As buscas foram suspensas ao por-do-sol, estando previsto que sejam retomadas amanhã pelas 07h30.

Alegadamente, o grupo, constituído por dois homens e uma mulher, estava a praticar parapente e dois dos praticantes já tinham concluído a descida quando o terceiro elemento do grupo, uma senhora, caiu dentro de água cerca das 12h00 do dia 09 de abril. Os dois elementos em terra terão tentado socorre-la, tendo eles também acabado por ser envolvidos no acidente.

Um homem com cerca de 45 anos foi retirado do mar nesse mesmo dia em paragem cardiorrespiratória, acabando por se confirmar o óbito no local pela equipa do INEM.

Os outros dois elementos deste grupo permanecem desaparecidos. O Capitão do Porto de Setúbal está a coordenar as operações.