MEDIA CENTER

Polícia Marítima da Nazaré apreende artes de pesca “caladas” em zona proibida

31 JAN 2018 13:01

A Polícia Marítima da Nazaré realizou, durante o dia 29 de janeiro, uma ação de fiscalização na orla costeira, nomeadamente à pesca com artes de emalhar, caladas no mar a menos de ¼ de milha náutica da costa, a norte da barra do porto da Nazaré.

​Foram detetadas várias redes de emalhar “caladas” aproximadamente entre os 50 e os 150 metros de costa, em zona proibida, contrariando o disposto na lei. Para além de se encontrarem em local proibido, nenhuma arte tinha qualquer elemento identificativo nem estava devidamente sinalizada.

O exercício da pesca com este tipo de arte, quando praticado a partir de embarcação, é proibido a uma distância inferior a ¼ de milha náutica (463 metros) da linha de costa e as artes devem estar devidamente sinalizadas com boias, mastro e bandeira, com os elementos identificativos da embarcação a que pertencem e tipo de arte.

“A falta de sinalização adequada das artes caladas junto à costa e às barras dos portos tem por objetivo ludibriar a ação das autoridades, mas constitui um perigo agravado para todas as embarcações que navegam junto a terra e para todas que pretendem praticar os portos”.

O pescado que estava “enredado” foi sujeito a primeira venda em lota. Ás infrações detetadas, serão instaurados os respetivos processos de contraordenação.