MEDIA CENTER

Missão da Polícia Marítima na Grécia prolonga-se até 31 de janeiro de 2018

2 NOV 2017 15:11

A missão da Polícia Marítima na Grécia, sob égide da agência europeia FRONTEX e em apoio à guarda-costeira grega, será prolongada até ao dia 31 de janeiro de 2018.

​A equipa portuguesa encontra-se integrada na operação POSEIDON desde o dia 1 de maio de 2017, com o objetivo de controlar e vigiar as fronteiras marítimas gregas e externas da UE, no combate ao crime transfronteiriço, no âmbito das funções de guarda-costeira europeia.

Nesta missão, a Polícia Marítima já apoiou e salvou um total de 940 migrantes que tentam entrar na Europa através do Mar Egeu, entre a Costa da Turquia e da Grécia.

Ontem, dia 1 de novembro, foi realizada a rendição de 10 elementos que se encontravam empenhados há dois meses nesta missão, nomeadamente, 2 subchefes da Polícia Marítima (1 “Team Leader” e 1 Oficial de Ligação em Pireus), 6 agentes da Polícia Marítima, 1 Sargento-mor da Marinha para a área da manutenção mecânica e 1 Faroleiro-Técnico para a área da manutenção dos sistemas eletrónicos e eletro-óticos da Viatura de Vigilância Costeira.