MEDIA CENTER

Resgate de 10 tripulantes de embarcação de pesca após encalhe na orla costeira

24 OUT 2017 16:10

O Capitão do Porto e Comandante-local da Polícia Marítima do Funchal, em articulação com o Subcentro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo do Funchal da Marinha (MRSC Funchal) e com o Serviço Regional de Proteção Civil (SRPC IP-RAM), conduziu durante a madrugada de hoje, dia 24 de outubro, a operação de resgate dos dez tripulantes da embarcação de pesca costeira “GABRIEL”.

​O alerta de socorro foi recebido às 04h17 através da ativação de radiobaliza da embarcação, após a mesma ter encalhado na orla costeira da Ponta do Tristão. Foram de imediato empenhadas a embarcação salva-vidas da Capitania do Porto do Funchal (ISN SR40) e a embarcação salva-vidas da SANAS Madeira (SANAS103), de acordo com o protocolo de cooperação entre a Marinha, a Autoridade Marítima Nacional e a Associação Madeirense para o Socorro no Mar, em cumprimento do Plano Integrado de Salvamento Marítimo da Região Autónoma da Madeira.

Os tripulantes foram localizados em segurança numa zona de difícil acesso, junto ao local onde a embarcação encalhou. Face às condições meteorológicas no local e não estando comprometida a segurança da tripulação, foi efetuado o resgate do tripulante com maior necessidade de cuidados médicos por via marítima pelas 08h24. O mesmo foi transportado para o porto do Porto Moniz, onde aguardava uma ambulância dos Bombeiros Voluntários de São Vicente e Porto Moniz, previamente ativada pelo Serviço Regional de Proteção Civil.

Os restantes tripulantes deslocaram-se por terra até miradouro da Ponta do Calhau, local onde foi ativado o Posto de Comando Operacional, onde foi efetuada a triagem pré-hospitalar pelos Bombeiros Voluntários de São Vicente e Porto Moniz, sem necessidade de recurso a cuidados médicos adicionais.

Salvaguardada a segurança de todos os tripulantes, foi iniciado o processo de contenção de danos ambientais, dada a elevada quantidade de danos na estrutura da embarcação e possível contaminação da orla costeira com hidrocarbonetos.

A operação de combate à poluição foi coordenada a partir do Posto de Comando Operacional pelo Serviço de Combate à Poluição do Departamento Marítimo da Madeira, tendo sido ativada a Brigada de Intervenção Rápida de Poluição (BIRPOL) e solicitado reforço de equipas dos Bombeiros Voluntários de São Vicente e Porto Moniz ao Serviço Regional de Proteção Civil (SRPC IP-RAM).

A operação de remoção de parte dos contaminantes que estavam a bordo da embarcação foi efetuada pela Brigada de Intervenção Rápida de Poluição (BIRPOL), em conjunto com a equipa dos recuperadores da embarcação salva-vidas ISN SR40 e das embarcação salva-vidas da SANAS Madeira (SANAS103).

O Comando-local da Polícia Marítima do Funchal tomou conta da ocorrência.