MEDIA CENTER

Colisão entre catamaran de passageiros e navio mercante no rio Sado provoca feridos

29 AGO 2017 09:08

O catamaran “GARÇA BRANCA”, propriedade da empresa ATLANTIC FERRIES, colidiu ontem, dia 28 de agosto, cerca das 14h15, com um navio mercante fundeado no rio Sado, enquanto efetuava a habitual carreira fluvial de Setúbal para Troia.

​​A informação deste incidente chegou ao Comando-local da Polícia Marítima de Setúbal através do Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Lisboa (MRCC Lisboa), tendo este comando deslocado de imediato para o local uma embarcação de alta velocidade da Polícia Marítima.

De acordo com elementos de informação recolhidos pela Polícia Marítima, o catamaran  logo após a sua largada de Setúbal, em direção à margem sul do Sado, não terá conseguido evitar a colisão com o navio mercante “INDUSTRIAL CAPE”, que se encontrava fundeado no fundeadouro norte do porto de Setúbal.

À chegada do catamaran a Troia, a Polícia Marítima tomou conta da ocorrência, tendo alguns passageiros que apresentavam queixas, por terem caído em consequência do acidente, sido assistidos no local por enfermeiros da empresa FEMÉDICA.

Os feridos foram todos considerados ligeiros, sendo que cinco deles acabaram por ser encaminhados para o hospital S. Bernardo, em Setúbal.

A bordo estavam 84 passageiros e cinco tripulantes.

A Polícia Marítima verificou no local que a embarcação tinha condições para regressar a Setúbal, o que acabou por se verificar, sob acompanhamento desta Polícia.

Após atracar em Setúbal, o Mestre da embarcação foi ouvido no Comando-local da Polícia Marítima, e uma equipa de peritos da Capitania de Setúbal deslocou-se a bordo para avaliar os danos causados pela colisão.