MEDIA CENTER

Polícia Marítima apreende redes de emalhar na Praia de Faro

24 AGO 2017 16:08

O Comando-local da Polícia Marítima de Faro desenvolveu, durante a madrugada de hoje, dia 24 de agosto, uma ação dirigida à pesca ilegal na Praia de Faro, na sequência de algumas preocupações apresentadas à Polícia Marítima por frequentadores daquela praia, descritas como actividades com redes junto da praia.

​A Polícia Marítima verificou que a utilização deste tipo de arte de pesca, para além de estar fundeada a distância inferior a ¼ de milha náutica da linha de costa, conforme legalmente previsto, constituía também um perigo para a eventual navegação, como para os inúmeros banhistas que nesta altura do ano nadam naquelas águas.

Assim, a Polícia Marítima encetou ação com intuito de localizar e identificar alvos em actividade de pesca ilegal naquele espaço. Cerca das 06h30 da manhã foi intercetado, em flagrante, um individuo em manobras com uma prancha na recolha de uma rede de emalhar com cerca de 100 metros de comprimento, fundeada na perpendicular à linha de costa.

A arte de pesca interceptada, denominada de rede de emalhar, foi apreendida, tendo pescado capturado (Fataças, Safias e Cavalas), sido doado ao Refugio Aboim Ascensão. 

A Polícia Marítima, no seu espaço jurisdicional, acompanha e fiscaliza as mais diversas atividades económicas e lúdicas, verificando a sua conformidade com a legislação nacional e comunitária em vigor, dando, assim, o seu contributo para um uso racional e sustentado dos recursos naturais, bem como para a segurança de pessoas e bens, tanto em terra como a bordo de embarcações.​

​​