MEDIA CENTER

Comportamentos perigosos a evitar na praia e junto à costa

18 AGO 2017 18:08

Em pleno mês de agosto em que as praias portuguesas recebem diariamente milhares de pessoas e o bom tempo permite a prática de atividades lúdicas junto à orla costeira, existem comportamentos que devem ser evitados, por forma a não colocar a sua vida e a de outros em risco.

​​Assim a Autoridade Marítima Nacional aconselha a evitar:

- Realizar “acrobacias” na areia (saltos mortais, etc.);

- Mergulhar em zonas rochosas ou em locais em que se desconhece a natureza do fundo e a profundidade;

- Circular ou descer com ou sem pranchas em falésias ou arribas de areia;

- Praticar desportos (Kitsurf, asa delta, etc.) nas proximidades de falésias, arribas ou formações rochosas;

- Praticar Stand Up Paddle junto a zonas de banhistas; 

- “Enterrar” pessoas na areia;

- Evitar utilização de botes de borracha, colchões e boias insufláveis longe da linha de água.

Estes são comportamentos que são muitas vezes praticados por quem frequenta a orla costeira e, especificamente, as zonas balneares, podendo levar a situações de risco tanto para os próprios como para terceiros. Desta forma, a Autoridade Marítima apela ao cumprimento destes conselhos, evitando tragédias. 

Recentemente, devido a uma brincadeira entre amigos, um adolescente esteve em perigo de vida, por ter sido enterrado na areia, na praia da Nazaré.