MEDIA CENTER

Grécia: Polícia Marítima resgata 57 migrantes no Mar Egeu (COM VÍDEO)

7 JUN 2017 15:06

A equipa da Polícia Marítima, que se encontra na ilha grega de Lesbos desde o dia 1 de maio, integrada na missão POSEIDON 2017, sob égide da agência europeia FRONTEX, resgatou ao final da noite de ontem, 6 de junho, 57 migrantes que se encontravam num bote à deriva no Mar Egeu, junto a Molivos, na ilha grega de Lesbos.

​​​​O bote foi detetado pela equipa da Viatura de Vigilância Costeira da Polícia Marítima que, através do radar se apercebeu de uma embarcação com movimentos suspeitos, tendo rapidamente informado a equipa que se encontrava em patrulha no mar. A Polícia Marítima deslocou-se de imediato para o local identificado, onde confirmou tratar-se de uma embarcação com 57 migrantes a bordo, sendo 56 do Congo e do Afeganistão e 1 da Síria.

Foram embarcados na embarcação da Polícia Marítima 27 mulheres e 3 crianças, ficando 27 homens no bote. A Polícia Marítima aguardou no local com os migrantes a chegada de um navio da Guarda Costeira Grega, para efetuar o transbordo. Pela 01h15, todo o grupo de migrantes estava embarcado, em segurança, no navio da Guarda Costeira Grega, que os transportou para o porto de Mitilene.

A equipa portuguesa é composta por 9 Agentes da Polícia Marítima, um Faroleiro Técnico e um militar da Marinha, para o apoio e manutenção das embarcações e manutenção da componente elétrica e eletrónica da Viatura de Vigilância Costeira. A Polícia Marítima conta ainda com um elemento destacado no Centro de Coordenação Internacional, em Piréus, na Grécia, com as funções de oficial de ligação entre a equipa e a agência FRONTEX.

A Polícia Marítima encontra-se em missão em apoio à guarda-costeira grega, com o objetivo de controlar e vigiar as fronteiras externas marítimas e combater o crime transfronteiriço, no âmbito das funções de guarda-costeira europeia, até ao dia 31 de outubro de 2017.

NO MAR, MAIS ALÉM, POR BEM.​



​​