MEDIA CENTER

Autoridade Marítima apoia atividade de crianças com deficiência na Ria Formosa

31 MAI 2017 09:05

A Capitania do Porto, o Comando-local da Polícia Marítima e a Estação Salva-vidas de Tavira apoiam, no próximo dia 1 de junho, Dia Mundial da Criança, uma atividade da Raríssimas – Associação Nacional de Deficiências Mentais e Raras, que irá levar cerca de 30 crianças a dar um passeio na ria Formosa e, posteriormente, a passarem o resto da manhã na ilha de Cabanas, com diferentes atividades aquáticas.

​Estas crianças vão ter oportunidade de efetuar uma atividade de Surf adaptado, bem como, nalguns casos, dar o primeiro mergulho no mar. Estas crianças dificilmente têm a oportunidade de efetuar estas atividades e conhecer a ria Formosa, sendo esta uma oportunidade única.

O Capitão do Porto e Comandante-local da Polícia Marítima de Tavira associou-se a esta iniciativa com o empenhamento de uma embarcação da estação salva-vidas do meios da Polícia Marítima que, em conjunto, irão garantir a segurança de todos os participantes.

A Raríssimas – Associação Nacional de Deficiências Mentais e Raras é uma IPSS, fundada em abril de 2002, que desenvolve a sua ação junto de doentes e familiares que convivem de perto com doenças raras. Tem em funcionamento quatro centros de reabilitação multidisciplinar (Maia, Pico, Tavira e Moita) para portadores de doenças mentais e raras onde, através de um plano terapêutico individual, presta cuidados de saúde de excelência na área da reabilitação/habilitação, como a fisioterapia, terapia da fala, terapia ocupacional, hidroterapia, hipoterapia, psicologia e terapia assistida por animais, todas elas essenciais para a aquisição de competências destes doentes.​​