MEDIA CENTER

Exercício de resposta a incidente sísmico junta 500 operacionais da Autoridade Marítima Nacional e da Marinha na baía de Cascais

28 MAR 2017 11:03

A Autoridade Marítima Nacional e a Marinha treinaram no dia 29 de março, a capacidade de resposta em caso de emergência civil, num exercício denominado “PROTEGER 17”, que teve lugar na Baía de Cascais e envolveu mais de 500 operacionais e cerca de 40 meios navais e terrestres.

​No cenário deste exercício foi simulada na Vila de Cascais uma comunidade costeira, que fica isolada na sequência de um abalo sísmico, seguido de um pequeno maremoto, sendo que a única via para prestar socorro de emergência é a via marítima. Assim, em resposta a este incidente, foi testado o apoio da Marinha à Autoridade Marítima Nacional, em que participaram igualmente meios do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), do Serviço Municipal de Proteção Civil e dos Bombeiros Voluntários de Cascais.

Assistiram a este exercício o Ministro da Defesa Nacional, Professor Doutor José Azeredo Lopes, o Secretário de Estado da Defesa Nacional, Dr. Marcos Perestrello, o Chefe do Estado-Maior da Armada e Autoridade Marítima Nacional, Almirante António Silva Ribeiro, o Diretor-geral da Autoridade Marítima e Comandante-geral da Polícia Marítima, Vice-almirante Luís Sousa Pereira, e o Comandante do Corpo de Fuzileiros, Comodoro Nobre de Sousa, em representação do Comandante Naval.​