MEDIA CENTER

Restauro e manutenção da estrutura do Farolim da Cantareira

9 JAN 2017 20:01

O farolim da Cantareira, construído no século XVIII, situa-se no Cais do Marégrafo, na Cantareira, junto ao antigo farol de S. Miguel-o-Anjo, na freguesia da Foz do Douro, no Porto. Juntamente com o farolim das Sobreiras servia para definir o enfiamento da barra do rio Douro, fundamental na ajuda à navegação.

​Com a nova configuração da entrada da barra e com a construção dos molhes Norte e Sul, foi apagado e desativado em 2009, por não ser essencial na ajuda à navegação. Atendendo ao facto de esta estrutura fazer parte da paisagem ribeirinha e um ponto de referência turística da área envolvente, foi considerado manter a estrutura no local, embora sem iluminação.

Assim, no seguimento das obras de restauro do farol de S. Miguel-o-Anjo e das instalações da Estação Salva-Vidas da Cantareira, foi efetuada uma profunda ação de manutenção e de restauro de toda a estrutura do antigo farolim da Cantareira. A intervenção consistiu na recuperação operacional da lanterna, com substituição dos elementos degradados, decapagem de toda a estrutura, tratamento anticorrosivo e pintura à cor da época. 

Os trabalhos de manutenção e recuperação do farolim foram realizados por três faroleiros da guarnição do Farol de Leça da Palmeira.​