MEDIA CENTER

Capitania do Porto da Nazaré promove exercício de salvamento marítimo

9 SET 2016 09:09

A Capitania do Porto da Nazaré realizou no passado dia 6 de setembro, um exercício de salvamento marítimo na barra do Porto da Nazaré, com o objetivo de solidificar procedimentos de operação deste Órgão Local da Autoridade Marítima, verificar eventuais oportunidades de melhoria das linhas de ação elencadas no “Plano de Emergência de Salvamento da Barra da Porto da Nazaré” (PESBPN) e, em particular, consolidar a articulação entre os agentes de proteção civil.

​​​​Esta iniciativa está inserida na visão estratégica da Autoridade Marítima Nacional de reforçar a prontidão de todos os seus órgãos locais, no âmbito dos Planos de Salvamento de Emergência para as Barras dos Portos, e da coordenação com todos os Agentes de Proteção Civil, a fim de garantir uma resposta célere e adequada, em caso de acidentes que possam ocorrer nas barras dos portos.

Atento à proximidade de uma fase do ano, onde é expectável o agravamento das condições meteorológicas e, em particular, da agitação marítima, a fim de prevenir a ocorrência de acidentes marítimos na entrada e saída das barras, a Autoridade Maritima Nacional recomenda aos Comandantes, Mestres e Arrais das embarcações que, para além de consultarem os respetivos Editais das Capitanias (Instruções de Navegação), que adotem as seguintes medidas de segurança:

  • Tomar conhecimento da previsão meteorológica e de ondulação;
  • Obter informação da Autoridade Marítima Local ou da Autoridade Portuária sobre a situação da barra e no porto antes de entrar, bem como, eventualmente, solicitar apoio na entrada;
  • Garantir que todos os equipamentos de navegação, comunicações, segurança, propulsão e governo se encontram em boas condições de funcionamento;
  • Determinar que os tripulantes enverguem os coletes de salvação e se despojem de botas de borracha de cano alto, ou qualquer outro equipamento/vestuário que possa dificultar a flutuabilidade;
  • Sempre que se verifique a circulação de pessoal no exterior do navio/ embarcação, garantir que o pessoal se mantem em locais abrigados, envergando sempre o colete salva-vidas;
  • Garantir que todo o material existente nos compartimentos funcionais e nos espaços habitacionais, bem como as artes e apetrechos de pesca, se encontram devidamente acondicionados e peados;
  • Garantir a estanqueidade do navio/embarcação, mantendo as portas, escotilhas e vigias que dão para o exterior do navio, fechadas e desobstruídas;
  • Garantir que as portas, escotilhas e vigias de fuga se encontram assinaladas e desobstruídas;
  • Garantir que as escadas e passagens/troncos de fuga se encontram desobstruídas.

Em caso de dúvida ou necessidade de esclarecimentos adicionais, devem ser contactados os os Orgãos locais da Autoridade Maritima, que estão disponíveis para prestar todo o apoio necessário.​

VÍDEO DO EXERCÍCIO