MEDIA CENTER

Encalhe Mestre Simão: operações de limpeza e contenção para evitar poluição foram realizadas durante todo o dia

7 JAN 2018 19:01

Durante a manhã de hoje um engenheiro especialista da Autoridade Marítima e um engenheiro responsável da empresa Atlanticoline efetuaram uma verificação geral da condição e danos gerais do navio. Também ainda durante o início da manhã, o navio patrulha oceânico “Viana do Castelo” da Marinha desembarcou na ilha diverso material proveniente da base logística de Ponta Delgada, destinado a reforçar o material de combate à poluição, em concreto barreiras de contenção, tanques de armazenamento e recuperadores.

Pelas 14 horas foram iniciadas operações de mergulho por mergulhadores especializados em salvação marítima, contratados pela empresa Atlanticoline, para verificação subaquática da extensão dos danos no casco e para a realização de ações de contenção do gasóleo que se têm libertado dos tanques de combustível do navio, tendo em específico tamponado todos os respiradores dos tanques de combustível e lubrificantes para evitar futuras fugas. Estas ações foram acompanhadas de perto por peritos técnicos da seguradora.

Apesar não existir risco ambiental, decorreram ao longo de todo o dia, trabalhos complementares de limpeza dos resíduos à superfície, utilizando para tal mantas absorventes e reposicionamento de barreiras de proteção em torno do navio.
Os trabalhos de limpeza e contenção estão a ser executados por pessoal da Autoridade Marítima e pessoal da Porto dos Açores, sob a coordenação do Capitão do Porto da Horta em articulação com responsáveis da "Porto dos Açores" e da empresa Atlanticoline, armador do navio encalhado.

Durante o dia de hoje a Policia Marítima entrou a bordo do navio de passageiros e recuperou os pertences que haviam sido abandonados pelos passageiros no momento do acidente, estando agora a proceder à sua entrega.