MEDIA CENTER

1º ato administrativo da Polícia Marítima nas ilhas Selvagens

2 SET 2016 11:09

A Polícia Marítima, nas ilhas Selvagens desde o dia 21 de agosto, realizou o primeiro ato administrativo, com recurso às novas capacidades que o recente posto nas ilhas proporciona. Foram assim preenchidas as guias de marcha dos militares do Exército que permaneceram em missão nas Selvagens, no âmbito do projeto ANTARES da Unidade Militar Laboratorial de Defesa Biológica e Química, em consórcio com o Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge e com o Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária.

​Outra das competências da Polícia Marítima, já posta em prática no posto das ilhas Selvagens, é o controlo de documentação de embarcações de recreio nessas ilhas.

Releva-se ainda a chegada da 2ª equipa às ilhas Selvagens, que irá cumprir por mais duas semanas, a missão prioritária da Polícia Marítima naquele espaço, ao garantir o eficaz exercício da autoridade do Estado, nomeadamente em matéria de vigilância, fiscalização e segurança da navegação, bem como apoiar a relevante ação desenvolvida na proteção e preservação do meio marinho, das pessoas e bens, na parte mais a sul do território nacional.

Até ao momento, a equipa da Polícia Marítima já fiscalizou 2 embarcações de pesca costeira e 7 embarcações de recreio, das quais 6 eram estrangeiras e 1 portuguesa.​