MEDIA CENTER

Polícia Marítima fiscaliza interior da Ria Formosa

5 AGO 2016 09:08

O Comando-local da Polícia Marítima de Olhão desenvolveu, durante o dia 3 de agosto, uma ação de fiscalização no interior da Ria Formosa, com especial incidência na zona da Fuseta. Como resultado, foram detectadas e apreendidas 3 teias de armadilhas (mais de 60 covos e alcatruzes), calados sem sinalização e em local proibido.

​Das apreensões, foram levantados três auto de notícia, tendo ainda sido fiscalizadas 5 embarcações, para as quais foram levantados mais dois auto de notícia. 

Tendo sido constatada a existência de um elevado número (entre 15 a 20) de praticantes de KiteSurf na zona da Fuzeta, interior da Ria, atividade recentemente considerada interdita pelo Edital da Capitania do Porto de Olhão dentro da área da Ria Formosa, foi levada a cabo uma ação de sensibilização aos praticantes da modalidade, no sentido de cessar aquela prática, que demonstra um risco elevado para a navegação e banhistas.

Nesta ação estiveram empenhados 4 elementos da Polícia Marítima, 1 elemento da patronia da Capitania do Porto de Olhão, duas embarcações e uma viatura do Comando-local da Polícia Marítima de Olhão.​

​​

​​​





​​