MEDIA CENTER

Polícia Marítima combate pesca com redes de pesca ilegais

24 JUN 2016 12:06

O Comando-local da Polícia Marítima de Viana do Castelo tem vindo a desenvolver sucessivas operações de levantamento de redes de pesca em zona proibida, a distâncias não permitidas por lei, sem sinalização, na entrada do porto, no rio Lima e ainda no rio Cávado.

​As artes de pesca variam, no entanto, tem havido especial incidência nas redes de tresmalho, majoeiras e telas utilizadas no meixão, no rio Cávado, em Esposende. Estas situações confirmam-se no quadro comparativo dos dois últimos anos, 2015 e 2016, e configuram um contínuo desrespeito pela lei.

REDESTRESMALHOMAJOEIRASTELASCOVOS
2015236871
201616104---​


Prosseguindo o esforço de mitigar o flagelo que atualmente se verifica ao longo da orla costeira e nos rios Lima e Cávado, nesta área de jurisdição, estima-se em mais de 30.000 euros, as apreensões de artes de pesca. Para fazer face ao combate da pesca ilegal, estão previstas novas missões de intercessão destas práticas.​