MEDIA CENTER

Investigação Criminal da Polícia Marítima apreende 1050 Kg de amêijoa japónica

14 JUN 2016 17:06

O Serviço de Investigação Criminal da Polícia Marítima (SICPM), do Comando Regional do Centro, apreendeu, no passado dia 12 de junho, pelas 20h00, cerca de 1050 Kg de amêijoa japónica, na zona da Mealhada.

​Na apreensão, o SICPM contou com a colaboração da GNR (Mealhada), para intercetar a viatura onde os bivalves eram transportados com destino a Espanha (Galiza). A amêijoa japónica foi capturada ilegalmente no rio Tejo, com recurso a duas embarcações e artes proibidas.

Esta operação é resultado de diversas investigações que estão em curso naquele serviço, com objetivo de desmantelar "organizações" ligadas à atividade ilegal de apanha de amêijoa japónica no rio Tejo.

Para além da apreensão da amêijoa, foi também apreendida a viatura de transporte e constituído um arguido, indiciado pela prática de diversos ilícitos de natureza criminal e contraordenacionais, ligados a esta atividade ilegal. 

Neste combate à atividade ilegal de apanha e comércio de bivalves no rio Tejo, o Serviço de investigação Criminal da PM já apreendeu desde 2015, mais de 18 toneladas de amêijoa japónica, 7 viaturas, 14 embarcações, efetuou buscas em 4 armazéns ilegais de aquisição e expedição de bivalves e constituiu 9 arguidos em processos-crime.