MEDIA CENTER

Polícia Marítima acompanha operação de remoção de animais arrojados à praia

21 ABR 2016 17:04

O Piquete da Polícia Marítima (PM) do Comando-local de Faro foi informado cerca das 16h30 de ontem, de que havia dado à costa uma baleia em avançado estado de decomposição na praia de Vilamoura. Chegados ao local, verificou-se que se trava de uma baleia anã com cerca de 4 metros de comprimento, já em estado de putrefação. Após analisada pela Bióloga, foi o serviço de Salubridade da Junta de Freguesia de Quarteira informado da necessidade de remoção do animal, tendo deslocado para o local uma máquina retroescavadora que procedeu à limpeza pelas 18h30.

​No mesmo dia, cerca das 18h00, o Piquete da PM recebeu nova informação, de que na praia do Ancão junto à linha de água, um outro animal marinho se encontrava morto. Após chegados ao local, verificou-se que se tratava Tubarão Frade, com cerca de 6,5 metros de comprimento, em avançado estado de decomposição, enrolado numa rede de pesca. Após ter sido analisado pela Bióloga, foram os serviços de salubridade da Câmara Municipal de Loulé informados para a sua remoção, deslocando para o local duas máquinas retroescavadoras que, após várias tentativas, não foi possível a sua limpeza, tendo esta operação sido suspensa pelas 00h00 do dia de hoje. Durante o dia de hoje, os serviços municipalizados de Loulé continuaram com a missão de remoção do animal com recurso a uma máquina retroescavadora de lagartas, tendo já terminado a sua remoção.