MEDIA CENTER

Polícia Marítima resgata 58 emigrantes de bote à deriva no Mar Egeu

17 FEV 2016 21:02

A equipa da Polícia Marítima (PM) que se encontra integrada na missão POSEIDON RAPID INTERVENTION, no Mar Egeu, desde o dia 1 de outubro, resgatou hoje dia 17 de fevereiro, ao início da manhã, 58 emigrantes, de uma embarcação com o motor avariado e à deriva, no meio da travessia entre a Turquia e a Ilha Grega de Lesbos.

Na embarcação seguiam 18 crianças, uma mulher grávida e um homem com problemas numa perna.

Depois de recolhidos para a embarcação ARADE, foram distribuídas águas e mantas térmicas para combater os efeitos de exposição ao frio. Todos foram desembarcados, em segurança, no Porto de Petra.

No total foram resgatados 58 emigrantes e refugiados, dos quais 18 crianças, 13 mulheres e 27 homens.

Até ao momento a equipa já resgatou, em segurança e transportou para terra, 2424 emigrantes e refugiados que corriam risco de vida, sendo 626 bebés e crianças.

A PM vai manter o seu apoio à Guarda-costeira Grega, integrada na missão da agência FRONTEX, até ao dia 30 de setembro de 2016, com o objetivo cooperar no controlo e vigilância das fronteiras marítimas gregas e no combate ao crime transfronteiriço, no mar Egeu.

NO MAR, MAIS ALÉM, POR BEM.