MEDIA CENTER

Polícia Marítima em missão na Grécia resgata e apoia 148 emigrantes em duas patrulhas

5 FEV 2016 17:02

A equipa da Polícia Marítima (PM), que se encontra na Ilha de Lesbos desde o dia 1 de outubro, integrada na operação POSEIDON RAPID INTERVENTION, resgatou 93 refugiados e emigrantes de dois botes à deriva no mar Egeu, no meio da travessia entre a Turquia e a Grécia, e apoiou outras 55 pessoas de um terceiro bote, em duas patrulhas realizadas nos dias 03 e 04 de fevereiro.

​Durante a primeira patrulha, a equipa da PM detetou um bote, com o motor avariado e à deriva, com dezenas de refugiados a bordo que poderiam entrar facilmente em hipotermia face às baixas temperaturas que se fazem sentir na Ilha de Lesbos.

O mar estava bastante agitado e as crianças muito assustadas. A equipa da PM decidiu resgatar rapidamente para o interior da embarcação ARADE todos os emigrantes e refugiados, num total de 44 pessoas, começando pelos bebés, crianças e mulheres.

Durante o trajeto até ao porto de Skala Sikamineas, onde todos foram desembarcados em segurança, um dos homens resgatados teve uma dor aguda na coluna, ficando com mobilidade reduzida. Houve necessidade de retirá-lo em maca da embarcação portuguesa e, para isso, a equipa da PM contou com o apoio de voluntários e médicos de Organizações Não-governamentais (ONG) que se encontravam no porto.

Ao regressar à patrulha, a equipa detetou um bote com 55 pessoas a bordo que navegava sem dificuldades com destino à Grécia, no entanto verificou que alguns dos emigrantes estavam a beber água do mar. Para impedir o consumo de água salgada, a equipa aproximou-se do bote e distribuiu garrafas de águas e bolachas.

Ontem, dia 04 de fevereiro, a equipa da PM resgatou mais 49 pessoas de um bote à deriva. Os emigrantes e refugiados encontravam-se calmos e cooperantes, facilitando a ação de salvamento da PM. Também estes emigrantes e refugiados foram resgatados para o interior da embarcação ARADE e transportados em segurança até ao porto Skala Sikamineas.

Às pessoas resgatadas foram distribuídas águas e mantas térmicas para combater os efeitos de exposição ao frio.

No total foram resgatados 93 emigrantes e refugiados, dos quais 34 crianças, 19 mulheres e 40 homens, e apoiadas 55 pessoas.

Até ao momento a equipa já resgatou, em segurança e transportou para terra, 2366 emigrantes e refugiados que corriam risco de vida, sendo 608 bebés e crianças.

A PM vai manter o seu apoio à Guarda-costeira Grega, integrada na missão da agência FRONTEX, até ao dia 30 de setembro de 2016.

NO MAR, MAIS ALÉM, POR BEM.

Veja o vídeo