MEDIA CENTER

Polícia Marítima salva 22 crianças de bote a afundar na Grécia

23 JAN 2016 10:01

A Polícia Marítima (PM), que se encontra na Ilha de Lesbos desde o dia 1 de outubro, integrada na missão POSEIDON RAPID INTERVENTION, salvou ontem, dia 22 de janeiro, 22 crianças de um bote prestes a afundar, no meio da travessia entre a Turquia e a Ilha Grega de Lesbos.

Durante a patrulha, a equipa da PM detetou um bote coberto de água, com dezenas de emigrantes e refugiados a bordo a necessitar de socorro, em pânico, totalmente molhados e prestes a entrar em hipotermia face às baixas temperaturas que se fazem sentir na Ilha de Lesbos.

Do bote, em grandes dificuldades, foram resgatados um total de 52 emigrantes, dos quais 22 bebés e crianças, 7 mulheres e 23 homens, sendo que uma mulher tinha uma perna partida e um idoso tinha mobilidade reduzida.

Depois de resgatados e durante a navegação até ao porto de Skala Sikaminea, foram combatidos os efeitos da exposição ao frio através de mantas térmicas.

Na chegada ao porto encontravam-se diversas ONG's e médicos que ajudaram no desembarque e no apoio aos náufragos.

A PM vai manter o seu apoio à Guarda-costeira Grega, integrada na missão da agência FRONTEX, até ao dia 30 de setembro de 2016. Até ao momento a equipa já resgatou, em segurança e transportou para terra, mais de 2153 emigrantes e refugiados que corriam risco de vida, sendo 527 bebés e crianças.

NO MAR, MAIS ALÉM, POR BEM.

Veja o vídeo​ do salvamento