MEDIA CENTER

POLÍCIA MARÍTIMA EVACUA 39 EMIGRANTES DE BARCO A METER ÁGUA E COM PRINCÍPIO DE INCÊNDIO NOS MOTORES

20 JAN 2016 17:01

A equipa da Polícia Marítima (PM), que se encontra na Ilha de Lesbos desde o dia 1 de outubro, integrada na missão POSEIDON RAPID INTERVENTION, evacuou 39 emigrantes de um barco a meter água e com princípio de incêndio nos motores, durante a travessia entre a Turquia e a Grécia.

A PM decidiu aproximar-se do barco e abordá-lo, por forma a tomar o seu governo e atracá-lo em segurança no Porto de Skala Sikaminea. A embarcação foi governada por um dos três elementos da PM que se encontrava na patrulha, auxiliado por um segundo membro da equipa, e acompanhada de perto pela embarcação portuguesa ARADE.

Durante o percurso, os emigrantes a bordo indicaram que o barco estava a meter água e face ao fumo negro que estava a ser libertado pelos motores da embarcação, indiciando o início de um incêndio, a equipa da PM decidiu evacuar rapidamente todos os emigrantes para a embarcação ARADE. A equipa contou ainda com o apoio de uma organização não-governamental (ONG) espanhola e outra alemã que se encontram na zona a dar apoio aos emigrantes e refugiados.

No total foram resgatados 39 emigrantes, dos quais 15 bebés e crianças, 10 mulheres e 14 homens. À chegada ao porto de Skala Sikaminea, onde todos desembarcaram em segurança, já os aguardavam ONG's e médicos que auxiliaram no desembarque dos emigrantes.

A PM vai manter o seu apoio à Guarda-costeira Grega, integrada na missão da agência FRONTEX, até ao dia 30 de setembro de 2016. Até ao momento a equipa já resgatou, em segurança e transportou para terra, 2040 emigrantes e refugiados.

NO MAR, MAIS ALÉM, POR BEM.

Veja o vídeo​ da evacuação