MEDIA CENTER

Polícia Marítima em missão na Grécia resgata 15 crianças de bote avariado

24 DEZ 2015 17:12

A equipa da Polícia Marítima (PM) que se encontra integrada na missão POSEIDON SEA, no Mar Egeu, desde o dia 1 de outubro, resgatou 47 emigrantes, de entre os quais 15 bebés e crianças, uma jovem grávida e uma mulher com uma perna partida, de uma embarcação com o motor avariado, no meio da travessia entre a Turquia e a Ilha Grega de Lesbos.

​Para o interior da embarcação TEJO, foram resgatados todos os bebés, crianças, mulheres e alguns homens. Cerca de 15 homens permaneceram no bote onde seguiam, tendo este sido rebocado até ao porto de Mitilene, cidade capital da Ilha, junto à qual se realizou a patrulha da equipa portuguesa, e onde todos desembarcaram em segurança. Foram ainda disponibilizados coletes salva-vidas às pessoas que não envergavam este equipamento de segurança.

A equipa da PM avisou imediatamente as autoridades locais da necessidade de estar apoio médico especialidade pronto no cais, à sua chegada, para socorrer a mulher com a perna partida e apoiar os emigrantes e refugiados.

Às pessoas resgatadas foram distribuídas águas e bolachas. Depois da ansiedade no resgate, e já a bordo da embarcação TEJO, os emigrantes mostraram sinais de alívio por estarem a receber o apoio da equipa portuguesa.

No total foram regatados quinze bebés e crianças, nove mulheres e 23 homens.

A missão da PM tem como objetivo cooperar no controlo e vigilância das fronteiras marítimas gregas e no combate ao crime transfronteiriço, no mar Egeu, e termina no dia 30 de setembro de 2016.

NO MAR, MAIS ALÉM, POR BEM.

​Veja o vídeo do resgate