MEDIA CENTER

Polícia Marítima de Caminha e Comandância Naval do Minho espanhola efetuam descida do Rio Minho

17 NOV 2016 11:11

O Comando-local da Polícia Marítima de Caminha e a Comandância Naval do Minho em Espanha realizaram ontem, dia 16 de novembro, a descida do Troço Internacional do Rio Minho (TIRM), desde Melgaço até à extensão do Comando-local da Polícia Marítima de Caminha em Lapela.

​​O troço do Rio Minho entre a sua foz e a foz do Rio Trancoso é internacional e serve de fronteira entre Portugal e Espanha. A Polícia Marítima de Caminha e a Comandância Naval do Minho em Espanha têm competências de fiscalização nesta zona, nomeadamente em matérias como as atividades de pesca, de caça, da segurança da navegação, da proteção ambiental, entre outras. Para o exercício, com sucesso, desta competência partilhada, é fundamental a existência de uma forte cooperação e entendimento entre as duas autoridades, num troço maioritariamente utilizado por cidadãos portugueses e espanhóis.

Neste sentido, os objetivos estabelecidos para este exercício foram:

  • Exercício combinado de fiscalização pelas autoridades com competência no TIRM;
  • Prática de navegação em zonas consideradas de maior risco, com integração de novos elementos;
  • Consolidação das já excelentes relações existentes entre duas autoridades.

Durante a descida foi apreendida uma embarcação auxiliar pesqueira, por suspeita de falta de registo, bem como um conjunto de redes utilizadas para a pesca ilegal no TIRM.

Nesta descida estiveram presentes o Comandante-local da Polícia Marítima de Caminha e o Comandante Naval do Minho com as respetivas equipas, num total de 18 operacionais, 6 portugueses e 12 espanhóis. Foram utilizados um bote e uma viatura da Polícia Marítima e dois botes e duas viaturas da Comandância Naval do Minho.​​​