MEDIA CENTER

Estrutura da AMN apoia IH e IPMA nas Ilhas Selvagens

11 NOV 2016 14:11

A equipa de militares e militarizados da Autoridade Marítima Nacional (AMN) e da Marinha que está nas ilhas Selvagens para a 2ª fase de trabalhos na Estrutura da Autoridade Marítima apoiou o Instituto Hidrográfico (IH) e o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) na instalação e na deslocalização de equipamentos que permitem a recolha de informação meteo-oceanográfica, nas ilhas Selvagens.

Os trabalhos realizaram-se no final da semana passada, tendo-se instalado junto ao farol da ilha, a antena recetora da boia ondógrafo do IH. Esta boia foi fundeada ao largo da ilha Selvagem Grande pelo NRP "D. Carlos I", no passado dia 04 de novembro.

As observações realizadas pela rede de Estações Ondógrafo instaladas ao longo da costa portuguesa são disponibilizadas pelo IH, em tempo quase real, podendo os utilizadores aceder à informação de agitação marítima (altura, período e direção da ondulação) e às medições da temperatura superficial da água do mar.

Foi igualmente deslocada, da casa dos vigilantes do Instituto das Florestas e Conservação da Natureza (IFCN), a estação meteorológica que aí se encontrava, para junto do farol da ilha.

A equipa da missão Selvagens auxiliou na deslocalização dos equipamentos e na sua fixação ao pavimento rochoso, permitindo assim que seja possível a obtenção de dados mais rigorosos relativos à temperatura do ar, precipitação, rumo e intensidade do vento, humidade relativa do ar e à pressão atmosférica.

A informação agora obtida, e disponibilizada on-line em tempo real, vai constituir-se como uma ajuda à navegação na região mais a sul do território nacional.

​Os trabalhos realizados tiveram como objetivo aumentar o rigor nas medições obtidas, conseguindo-se assim, afinar os modelos matemáticos de previsão meteo-oceanográfica.