Direção de faróis

Missão e competências

A missão da Direção de Faróis como direção técnica nacional para o assinalamento e posicionamento marítimo.

​A Direção de Faróis, membro fundador da IALA (International Association of Lighthouse Authorities), é o órgão da Direcção-Geral da Autoridade Marítima que tem por principais atribuições:

  • A direção técnica de todo o assinalamento marítimo nacional;
  • O exercício das funções inspetivas a todos os dispositivos de assinalamento;
  • A emissão de pareceres técnicos sobre projetos de assinalamento ou projetos de edificação em zonas de servidão;
  • A formação e condução técnico-profissional do pessoal faroleiro;
  • A instalação, manutenção e conservação do assinalamento marítimo (com exceção do portuário;
  • O controlo e monitorização dos faróis da entrada da barra do porto de Lisboa;
  • A elaboração de estudos tendentes à adoção de novos materiais e equipamentos;
  • O garante da uniformidade das Ajudas à Navegação, em conformidade com as recomendações internacionais;
  • O estudo e criação de zonas de servidão de sinalização;
  • A manutenção, conservação e reparação das infraestruturas afetas aos faróis costeiros;
  • A realização de ações de cooperação - técnico-militar e de formação com outros países;
  • A gestão dos MMSI's utilizados em equipamentos de sinalização marítima (por delegação da ANACOM).

Meios logísticos

Para a realização da sua missão, a Direção de Faróis tem uma guarnição de 93 elementos, constituída por militares, militarizados e civis.

Os 30 faróis do Continente guarnecidos por 66 faroleiros, os 16 dos Açores por 37 faroleiros e os 7 da Madeira por 9 faroleiros, num total de 110 faroleiros.

Para além de diversas viaturas, a Direção de Faróis tem atribuídas as UAM "Guia" e UAM "Sável" e uma semi-rígida, embarcações que têm por missão o apoio às ações de inspeção e de substituição de bóias, amarras e poitas.

A Direção de Faróis continua a cumprir a honrosa missão de manter acesa a luz que guia o navegante e o encaminha em segurança ao porto de abrigo.